Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Olinda dá início ao cadastro

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco

A Secretaria de Saúde de Olinda iniciou, ontem, o agendamento da primeira fase da vacinação para as pessoas que apresentam comorbidades. Para realizar o agendamento é preciso entrar no portal da prefeitura: www.olinda. pe.gov.br. Além disso, deve imprimir o laudo e seguir as orientações para o preenchimento. Será obrigatório a apresentação do laudo contendo todas as informações no ato da vacinação. Quem não quiser disponibilizar do laudo modelo, pode apresentar um laudo médico padronizado e outros laudos médicos que contenham as seguintes informações: identificação do paciente, a Classificação Internacional de Doenças (CID), nome do estabelecimento emissor. As com comorbidades da fase 1 para recebimento das doses da vacina contra a covid-19 no município são: Síndrome de Down (18 – 59 anos); Pessoas vivendo com HIV (18 – 59 anos); Imunossuprimidos e transplantados (18- 59 anos); Doença renal crônica em diálise (18-59 anos); Obesidade mórbida (18-59 anos); Pessoas com deficiência permanente, cadastrada no BPC ( 55-59 anos). Os outros municípios do Estado ainda não anunciaram o cadastramento para marcação da vacinação de pessoas com comorbidades. Nesta semana, a Prefeitura do Recife ampliou a imunização contra a covid-19 para profissionais da educação com mais de 40 anos. O agendamento deve ser feito pelo site ou aplicativo do Conecta Recife, que pode ser baixado gratuitamente.