Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Variante achada em Minas Gerais

O governo de Minas Gerais confirmou o primeiro caso da variante do coronavírus originária da Índia no estado. O paciente está internado com covid-19 na Santa Casa de Misericórdia, em Juiz de Fora. O homem se deslocou de carro de São Paulo para a cidade, e antes esteve na Índia. É o oitavo caso da cepa indiana registrado no país. “Ele teve contato apenas com sua esposa, que está assintomática, em isolamento domiciliar e sendo monitorada”, informou a Secretaria de Estado de Saúde (SES-MG), em nota. Segundo a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), o passageiro chegou ao Brasil pelo aeroporto de Guarulhos (SP) no final da noite de 18 de maio, e deslocou-se imediatamente a Juiz de Fora (MG), em veículo fretado pela empresa para a qual trabalha. Ele passou pelo controle sanitário da Anvisa no Aeroporto de Guarulhos, apresentou teste RT-PCR negativo realizado dentro de 72h, além de declaração de saúde, “não tendo reportado nenhum sintoma e tendo sido orientado a permanecer em quarentena”, informou a agência. Em 20 de maio, o homem realizou novo PCR em sua cidade de residência, Juiz de Fora, para cumprir protocolo interno da empresa na qual trabalha, que estabelece testagem após retorno de viagens internacionais. Ele então teve resultado positivo para covid-19 e começou a apresentar sintomas. No dia seguinte, 21 de maio, foi hospitalizado. No Espírito Santo, após um viajante da Índia testar positivo para a covid-19, o hotel em que ele está hospedado em Vitória com outros dois colegas de trabalho foi isolado pelo governo na manhã de ontem. De acordo com o governador, o hotel tem como hóspedes 52 adultos e 5 crianças, além de 37 funcionários. Todos eles irão ser testados e não poderão deixar o estabelecimento até serem autorizados.