Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Perto dos 500 mil casos

Neste mês em que a gestão estadual completa 15 meses de enfrentamento à pandemia, Pernambuco também se aproxima da marca de meio milhão de registros de pessoas que já foram infectadas pelo novo coronavírus. Ontem, em meio a uma nova fase de escalada de casos, o Estado computou mais 3.649 confirmações da doença. Com isso, já são 492.794 casos com diagnóstico laboratorial positivo para o vírus, sendo 45.420 graves e 447.374 leves. Com a recente aceleração da curva epidêmica, a rede assistencial precisou ser ampliada e, ainda assim, o Estado segue, por dias, com pessoas em filas de espera por um leito hospitalar, seja de terapia intensiva (UTI) ou de enfermaria.

A rede pública estadual atingiu ontem a marca de 3.017 leitos dedicados aos pacientes com sintomas da infecção pelo novo coronavírus, sendo 1.760 de UTI e 1.257 de enfermaria. Nos últimos dias, foi necessário abrir 65 vagas de UTI e 30 de enfermaria. Desse total, 40 leitos de terapia intensiva foram disponibilizados no Agreste (20 no Hospital Mestre Vitalino, em Caruaru; 10 no Jesus Pequenino, em Bezerros; e 10 no Perpétuo Socorro, em Garanhuns) e 20 no Sertão (10 no Hospital Eduardo Campos, em Serra Talhada; e 10 pediátricos no Hospital e Maternidade Santa Maria, em Araripina). Além disso, foram contratualizados, pelo Governo de Pernambuco e disponibilizados na Central de Regulação, 20 leitos de enfermaria da rede municipal de Paudalho, na Mata Norte, e cinco de UTI e 10 de enfermaria da rede municipal de Barreiros, na Mata Sul.

“Já temos a maior rede de terapia intensiva do Norte, Nordeste e Centro-Oeste, o que tem sido fundamental para salvar vidas. Isso se reflete nos indicadores de Pernambuco, que tem a segunda menor taxa de mortalidade pela covid-19 em 2021 entre todos os Estados brasileiros e bem abaixo da média nacional”, disse o secretário Estadual de Saúde, André Longo. Ele reconhece que Pernambuco está próximo do limite da rede para abertura de mais vagas hospitalares. “Ressalto que continuamos trabalhando diuturnamente para garantir a assistência à população pernambucana, abrindo leitos e dando suporte aos municípios, mesmo com todas as dificuldades que já começamos a enfrentar, de recursos humanos e fornecimento de insumos.” Segundo a Secretaria Estadual de Saúde, Pernambuco possui hoje o 6º maior quantitativo de leitos de UTI para a covid-19 do Brasil.

IMUNIZAÇÃO

Pernambuco recebeu ontem a quarta remessa de vacinas da Pfizer, com 25.740 doses. Esse quantitativo será destinado ao grupo de pessoas com comorbidades, além das gestantes e puérperas. “Estamos avançando na vacinação dos pernambucanos e pernambucanas, mesmo diante das dificuldades enfrentadas com a pouca agilidade do governo federal na distribuição aos Estados”, afirmou o governador Paulo Câmara. Com a nova remessa, Pernambuco totaliza 4.269.900 de doses recebidas para imunização contra a covid-19.