Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Estudo avaliará imunidade dos noronhenses

Fernando de Noronha iniciou uma nova fase da pesquisa com a população da ilha para avaliar a imunidade umoral (anticorpos) e celular (linfócitos) de defesa do organismo contra a Covid-19. O objetivo é acompanhar o desenvolvimento imunológico de todos os moradores após a vacinação em massa. Essa nova etapa da pesquisa no arquipélago foi aprovada pela Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep), do Conselho Nacional de Saúde. O exame é feito através de coleta de sangue com análise do IgG por sorologia, com medição quantitativa desses anticorpos.

Para fazer parte do estudo, o morador acima de 18 anos deve comparecer ao hospital de campanha do arquipélago, localizado no Bairro da Floresta Velha (ao lado da Escola Arquipélago), fazer o cadastro e, em seguida, a coleta do sangue. O atendimento, que vai durar dez dias, será das 9h às 12h e 14h às 19h, durante a semana. Aos sábados, o atendimento começa às 8h e vai até às 12h.

CASOS
A Administração de Fernando de Noronha informou ontem que foram confirmadas mais três curas clínicas de pacientes que estavam em recuperação na ilha. Nenhum novo caso de Covid-19 foi registrado. O arquipálago tem ao todo 720 registros da doença, sendo 638 originados em seu território e 82 casos “importados”, de pessooas que chegaram no distrito infectadas. Desse total, 712 cidadãos que testaram positivo estão recuperadas e cinco óbitos foram confirmados. Há ainda três pacientes em quarentena na ilha, onde ainda não há registro da variante Delta.

“Nossas medidas foram tomadas no tempo correto. Os resultados foram positivos sobre o controle da transmissão. A ilha, dessa forma, tem se tornado um exemplo”, Guilherme Rocha, administrador