Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Garanhuns ganha unidade oftalmológica para atender o SUS

A cidade de Garanhuns, no Agreste de Pernambuco, ganhou unidade especializada para atendimento público em oftalmologia. 

A Oftalmo PE foi concebida para atender a demanda reprimida da região e deve beneficiar a população de mais de 100 cidades pernambucanas do Agreste e Sertão.

O local, inaugurado esta manhã pela Secretaria Estadual de Saúde (SES-PE), terá capacidade de realizar mensalmente, segundo o Governo do Estado, mais de 5 mil consultas, 1,1 mil cirurgias, além de 35 mil procedimentos diagnósticos.

Para atender a demanda, mais de 30 profissionais deverão atuar na unidade, entre médicos oftalmologistas e anestesiologistas, enfermeiros, assistentes sociais e farmacêutico.  

Na local, estão previstos atendimentos ambulatoriais, com consultórios equipados e exames de alta tecnologia à disposição, centro cirúrgico moderno para realização de procedimentos que necessitarem de intervenção, além de um serviço de urgência e emergência oftalmológica 24 horas por dia, sete dias por semana.

O serviço funcionará por meio de contratualização entre a SES e o Instituto Brasil de Saúde Policlínica, prestador responsável pela gestão da unidade.

O investimento privado total foi na ordem de R$ 5 milhões para a montagem do serviço, e, ao todo, cerca de R$ 3,5 milhões serão investidos pelo Governo do Estado para custeio do serviço.

“A descentralização dos serviços de oftalmologia para o interior do Estado é uma das prioridades da gestão da Secretaria Estadual de Saúde. Esse serviço está sendo credenciado para atender 100% a pacientes do Sistema Único de Saúde aqui na cidade de Garanhuns e para atender toda a V Gerência Regional de Saúde e também toda a 2ª e 3ª macrorregiões de Saúde”, ressaltou o secretário de Saúde, André Longo.

Para ser atendido na unidade, que será voltada exclusivamente para a rede SUS, o paciente deverá procurar o setor de regulação da Secretaria de Saúde do município de residência, que fará o agendamento das consultas através da Central Estadual de Regulação Ambulatorial.