Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Adolescentes serão vacinados até setembro

Pernambucanos de 12 a 17 anos começarão a ser imunizados contra Covid-19 assim que todos os maiores de idade receberem ao menos a primeira dose

Pernambucanos de 12 a 17 anos começarão a ser vacinados contra a Covid-19 quando todas as pessoas acima de 18 anos receberem ao menos uma dose do imunizante. Isso deve acontecer até o início de setembro, segundo o governo do estado. A expansão da campanha para os adolescentes, que já havia sido autorizada em âmbito nacional pelo Ministério da Saúde, foi anunciada pelo secretário estadual de Saúde, André Longo, em coletiva online de imprensa na tarde de ontem. O estado tem cerca de um milhão de jovens dentro dessa faixa etária.

A decisão foi pactuada em reunião realizada na terça-feira para discutir o Plano Nacional de Imunização (PNI). O encontro contou com representantes do Ministério da Saúde, Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass) e Conselho Nacional de Secretarias Municipais de Saúde (Conasems).

“Em relação à vacinação de adolescentes, ficou pactuado que se aguardará a distribuição das vacinas para atender a todas as pessoas acima de 18 anos e, a partir daí, passaremos a fazer a vacinação também desse grupo”, explicou Longo.

Segundo o secretário, o público de 12 a 17 anos com comorbidades será priorizado na fila de imunização. “Essa foi a decisão do PNI e, até o momento, a definição de Pernambuco é segui-la”, disse.

ANTECIPAÇÃO
Diante da antecipação da segunda dose da AstraZeneca, de 90 para 60 dias, André Longo reforçou que o esquema de vacinação com o imunizante seguirá dentro do intervalo de dois meses, contanto que haja disponibilidade de doses. O responsável pela Secretaria de Saúde confirmou que já existem discussões sobre uma possível redução no intervalo para aplicação da segunda dose de outra vacina, a Pfizer.

“Já se cogita no PNI e foi alvo de discussão ontem (terça), uma antecipação também da segunda dose da Pfizer. Mas no momento ainda não há essa afirmação. O que se definiu foi que a vacina poderá ser reduzida para um intervalo de 21 dias, mas isso só será feito quando se completar o quantitativo para a vacinação da primeira dose tanto para os adolescentes quanto para todos aqueles acima de 18 anos”, explicou. Atualmente, o Ministério da Saúde recomenda o intervalo de 90 dias entre o primeira e o segundo imunizante.

Pernambuco já aplicou 5,7 milhões de vacinas contra a Covid-19. Ao todo, 1,5 milhão de pessoas completaram seus esquemas e 4,1 milhões tomaram a primeira aplicação.

Números

  • 6,9 milhões de imunizantes foram recebidos desde 18 de janeiro
  • 3,5 milhões AstraZeneca/Oxford/Fiocruz
  • 2,4 milhões CoronaVac/Butantan
  • 803,7 mil Pfizer/BioNTech
  • 168.450 Janssen