Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Paulista iniciou imunização do público a partir de 28 anos nesse sábado (07)

Município aplicou 3.486 doses em um único dia

A Prefeitura de Paulista iniciou,  nesse sábado (07), a vacinação contra a Covid-19 no público a partir de 28 anos. Foram disponibilizados 16 polos, com funcionamento das 9h às 16h. No primeiro dia de vacinação do novo grupo, o município obteve novo recorde de maior número de vacinados em 24h, aplicando 3.486 doses.

O secretário de Saúde do município, Charles Roger, visitou os polos acompanhado de comitiva. “Eu faço questão de acompanhar de perto o atendimento. Queremos garantir imunidade para todas as pessoas que nos procurarem. Abrimos mais um polo, ampliando a disponibilidade de locais, justamente para que a gente consiga dar conta da demanda”, disse.]

Para receber a aplicação, o agendamento deve ser realizado através do site www.agendamentovacinapaulista.com.br ou no aplicativo Cidadão Digital, disponível para download em plataformas Android na página inicial do endereço. No dia e hora marcados, é necessário apresentar documento de identificação com foto e comprovante de residência.

Além do público geral a partir de 28 anos, podem ser vacinados os seguintes grupos: pessoas com comorbidades (a partir dos 18 anos); gestantes (a partir dos 18 anos); puérperas com até 45 dias (a partir dos 18 anos); caminhoneiros; profissionais da saúde; profissionais da educação; profissionais de educação física; trabalhadores industriais; trabalhadores da limpeza urbana e resíduos sólidos; aquaviários; forças armadas; forças de salvamento; seguranças; trabalhadores dos correios e bancários.

Quem estiver no grupo de comorbidades deve levar o laudo médico e o registro do CID no dia e hora marcados. Os profissionais que serão vacinados em razão da atividade profissional que exercem deverão comprovar vínculo empregatício. Além disso, precisam atuar no município do Paulista.

Em relação aos acamados, a imunização é realizada em domicílio, com o deslocamento de uma equipe da Saúde para o local. O munícipe deve entrar em contato com a Unidade Básica de Saúde (UBS) mais próxima, comunicar a necessidade da imunização em domicílio e aguardar a visita da equipe para a aplicação.