Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Mais de 8 milhões de doses já foram recebidas

Pernambuco desembarcou um novo lote de vacinas contra a Covid-19 da Pfizer/BioNTech. A remessa enviada pelo Ministério da Saúde, com 45.630 unidades, chegou ao Aeroporto Internacional do Recife/Guararapes – Gilberto Freyre na tarde de ontem e foi encaminhada à sede do Programa Estadual de Imunização. A distribuição às Gerências Regionais de Saúde (Geres) acontece na manhã de hoje. Esses imunizantes deverão ser utilizados exclusivamente para aplicação da primeira dose.

Desde o início da campanha de vacinação, em 18 de janeiro, 8.006.730 doses já foram disponibilizadas aos pernambucanos, sendo 3.738.520 da Astrazeneca/Oxford/Fiocruz, 2.691.960 da Coronavac/Butantan, 1.404.000 da Pfizer/BioNTech e 172.250 da Janssen.

“Com o novo lote que recebemos hoje, o estado ultrapassa a marca de oito milhões de doses de vacinas disponibilizadas à população pernambucana. Somente do imunizante desenvolvido pela Pfizer, recebemos mais de 1,4 milhão”, ressaltou o governador Paulo Câmara.

Com a logística de distribuição, os imunizantes ficarão à disposição dos gestores municipais nas sedes das 12 Regionais de Saúde, e tão logo cada um faça a retirada, poderão avançar na imunização dos seus habitantes. “É sempre válido frisar a importância do monitoramento constante dos estoques de vacinas e a utilização correta de cada montante, seja ele para primeira, segunda ou ambas as doses. Só com estratégias efetivas vamos poder avançar ainda mais e garantir a proteção da nossa população”, destacou a superintendente de Imunizações do estado, Ana Catarina de Melo.

GRIPE
Os municípios pernambucanos já podem incluir a população geral entre o público elegível para imunização contra a influenza. A decisão foi pactuada, ontem, na Comissão Intergestora Bipartite, que reúne representantes da Secretaria Estadual de Saúde e gestores das secretarias municipais. A pactuação estabeleceu que, mesmo incluindo a população em geral, as cidades devem realizar uma busca ativa visando a proteção dos grupos prioritários.