Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Mundo ultrapassa 5 bi de vacinas aplicadas

Na última terça-feira, o planeta ultrapassou a marca de 5 bilhões de doses de vacinas contra a Covid-19 administradas desde o início da pandemia. Os dados foram levantados pela AFP, com base em fontes oficiais.

De acordo com os números apresentados pelo levantamento, demoraram 26 dias para administrar um bilhão de vacinas – dos 4 bilhões para os 5 bilhões de doses – o que demonstra um ritmo semelhante ao observado para alcançar os três bilhões e os quatro bilhões (que demoraram 30 e 26 dias, respectivamente). Por outro lado, para alcançar o primeiro bilhão, o mundo demorou 140 dias.

Líder em imunização no mundo, a China continua representando quatro em cada dez injeções aplicadas no mundo, com um total de 1,96 bilhão de doses aplicadas. A Índia (589 milhões) e Estados Unidos (363 milhões) completam o pódio em valores absolutos. Já a cada cem habitantes, os Emirados Árabes Unidos lideram a lista com 179 doses, e se aproximam de 75% de sua população completamente vacinada.

São seguidos pelo Uruguai, com 154 doses a cada cem habitantes e 70% de sua população com o esquema completo da vacina. Depois vêm Israel (149), Catar (148), Singapura (147), Bahrein (144), Dinamarca (143), Chile (140), Canadá (139), Portugal e Bélgica (138), China continental (136), Espanha (134), Irlanda (133) e Reino Unido (132).

A maioria desses países já vacinou 70% de sua população e alguns, como Emirados Árabes Unidos, Bahrein, Israel, Uruguai ou Chile começaram a administrar uma terceira dose para prolongar a imunização das pessoas completamente vacinadas.

PAÍSES POBRES
Embora a maioria dos países pobres já tenha iniciado sua campanha de vacinação, especialmente graças ao mecanismo Covax (OMS, Aliança GAVI e a Coalizão para a Preparo diante de Epidemias (CEPI)), as diferenças entre países com “renda alta” e “renda baixa” são muito altas.

Os “com renda alta”, termo colocado pelo Banco Mundial, administraram em média 111 doses a cada 100 habitantes. Do outro lado da balança, os países “com renda baixa” somente 2,4 doses. Assim, a média mundial está em 64 doses a cada 100 habitantes. Apenas três países ainda não têm campanha de vacinação em andamento: Burundi, Eritreia e Coreia do Norte.