Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Câncer de mama: saiba por quais bairros do Recife passará o caminhão que leva exame de mamografia gratuito no Outubro Rosa

A partir do dia 1° de outubro, o caminhão que leva o exame de mamografia para as comunidades voltará a disponibilizar 80 vagas (40 em cada turno). Ao longo do mês, serão ofertados 1.640 exames em 23 ações espalhadas pelos oito distritos sanitários da cidade. A programação está disponível no site da Prefeitura do Recife. 

É necessário levar documento de identificação, cartão do Sistema Único de Saúde (SUS) e comprovante de residência. A mamografia é o único exame capaz de detectar o câncer de mama na fase inicial e, por isso, apresenta eficácia comprovada na redução da mortalidade do câncer de mama. De janeiro a agosto deste ano, o mamógrafo móvel da Secretaria de Saúde do Recife já realizou 5.700 exames. Conforme preconizado pelo Instituto Nacional de Câncer José Alencar Gomes da Silva (Inca), é recomendado que mulheres de 50 a 69 façam uma mamografia de rastreamento a cada dois anos. 

Diferentemente do objetivo do exame realizado no mamógrafo móvel, a mamografia para avaliar uma alteração suspeita na mama é chamada de mamografia diagnóstica e poderá ser feita em qualquer idade quando há indicação médica. Neste caso, as mulheres devem buscar atendimento na unidade de saúde de referência do bairro. 

As mulheres devem estar atentas às mamas, no dia a dia, para que possam reconhecer suas variações naturais e identificar as alterações suspeitas. Alguns sintomas podem ser nódulo (caroço) fixo, geralmente indolor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja; alterações no bico do peito (mamilo); saída espontânea de líquido de um dos mamilos e pequenos nódulos no pescoço ou na região das axilas. 

Além de realizar periodicamente o exame clínico e a mamografia, adotar hábitos saudáveis, manter o peso corporal adequado, praticar atividade física e evitar o consumo de bebidas alcoólicas ajudam a reduzir o risco de ter a doença. Amamentar também é um fator de proteção.