Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Uma vida dedicada à saúde no estado

Morreu, na madrugada de ontem, o médico e ex-secretário de Saúde do estado, Guilherme Robalinho. Ele tinha 82 anos e atuou na Prefeitura do Recife e no Governo de Pernambuco nos mandatos de Jarbas Vasconcelos. Robalinho lutava há alguns anos contra uma doença autoimune e estava internado no Real Hospital Português, onde faleceu. O velório vai acontecer hoje, das 10h às 15h, na capela do RHP. Depois, o corpo será cremado, às 16h, no Cemitério Morada da Paz, em Paulista.

Além de clínico geral, Guilherme Robalinho foi gerente médico e de relações institucionais da unidade de saúde privada. No aniversário de 162 anos do RHP, Robalinho conversou com o Diario sobre o período de fundação do hospital, unidade da qual se dedicou, que foi inaugurada em meio à epidemia de cólera em Pernambuco.

“Naquela época (1855), Loius Pasteur ainda começaria seus estudos sobre contaminação. No Recife, que tinha um porto importante para a América, os dejetos eram jogados nas ruas. Escravos carregavam baús para jogar as fezes no mar. As doenças infecciosas eram o grande problema”, relembrou.

O clínico também tinha um vínculo forte com o exercício da vida pública, e também foi médico particular de Jarbas, em 2012, quando o acompanhou para além das agendas políticas. Como representante da saúde estadual, fez parte da gestão do ex-governador do estado de 1 de abril de 1999 a 12 de setembro de 2004.

“Não é fácil colocar em palavra o desaparecimento de um grande amigo. E quando esse amigo é um parceiro de vida, com mais de 40 anos de caminhada, essa tarefa fica ainda mais difícil. Ele leva um pedaço da nossa própria história, de fortes lembranças e recordações. É assim que sinto a ausência de Guilherme Robalinho, amigo, médico, parceiro de trabalho, e companheiro de tantas lutas”, declarou Jarbas Vasconcelos.

O governador Paulo Câmara também lamentou a morte, em nota de pesar. “Pernambuco perdeu nesta madrugada um grande homem público. O médico e ex-secretário de Saúde, Guilherme Robalinho, sempre pautou sua atuação política pela defesa do SUS e da melhoria do atendimento à população. Meus sentimentos à família e amigos”, escreveu.