Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Europa se torna epicentro da 4 onda

O ritmo atual de transmissão do coronavírus na Europa é “muito preocupante” e poderia provocar meio milhão de mortes adicionais até fevereiro no continente, alertou a Organização Mundial da Saúde (OMS). Essa quarta onda “maciça” afeta especialmente a Alemanha, que registrou ontem um recorde de casos diários, com um total de 33.949 casos em 24 horas, segundo o instituto de vigilância sanitária Robert Koch.

“Estamos, de novo, no epicentro”, lamentou o diretor da OMS Europa, Hans Kluge. “O ritmo atual de transmissão nos 53 países que formam a região europeia é muito preocupante”, disse.

Para a OMS, o aumento dos casos se explica pela combinação de uma vacinação insuficiente com uma flexibilização das medidas de convívio com a Covid-19.

Segundo os dados da OMS Europa, as hospitalizações ligadas ao coronavírus no continente “dobraram em uma semana”.

Para frear a saturação dos hospitais, o Reino Unido, um dos países com mais mortes pela pandemia, aprovou omolnupiravir, um remédio em comprimidos elaborado pelo laboratório americano MSD que pode reduzir as hospitalizações em 50%.

Desde o início da pandemia, na Europa foram contabilizados mais de 1,4 milhão de mortes de um total de mais de 5 milhões no mundo. (AFP)