Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Chegam doses doadas pelos EUA

O ministro da Saúde, Marcelo Queiroga, anunciou ontem a chegada de 2,1 milhões de doses de vacinas contra a covid-19. Os imunizantes da AstraZeneca foram doados pelo Estados Unidos e entregues no Aeroporto de Viracopos, em Campinas. Pelas redes sociais, o ministro agradeceu o governo norte-americano pela parceria, resultado de acordo bilateral para o combate ao coronavírus.

Em nota, a embaixada americana declarou que a doação representa mais um exemplo da vitalidade das relações entre os dois países. “Os EUA têm estado ao lado do Brasil desde o início da pandemia. Para além das vacinas e outros medicamentos, o governo norte-americano já contribuiu com R$ 110 milhões em assistência direta, o setor privado dos EUA com mais de R$ 412 milhões. Os EUA também doaram mil ventiladores pulmonares, equipamentos de proteção, ofereceram cooperação técnica e muitos outros tipos de assistência ao Brasil”, diz a nota.

RIO
A Prefeitura do Rio de Janeiro divulgou ontem que pela primeira vez, desde o início da pandemia, a “cidade maravilhosa” não registrou nenhuma morte por complicações decorrentes da covid-19 em 24h. No sábado, o município tinha apenas 30 pessoas internadas com covid-19 na rede pública. Em todo o País, foram registrados 5.126 casos da doença e 72 pessoas morreram, segundo o Ministério da Saúde.