Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Carnaval de pernambuco pode ter formato diferente

O Carnaval de Pernambuco de 2022 pode ser modulado, informou o secretário de Saúde do estado, André Longo, em coletiva realizada ontem. Ele apresentou três possibilidades para a festividade: a realização da forma tradicional, a suspensão, como já aconteceu este ano, e a realização num formato adaptado para garantir a segurança sanitária. Além disso, o gestor voltou a pontuar que o estado só poderá ter um posicionamento sobre o tema na segunda quinzena de janeiro do próximo ano. “Precisamos respeitar todas as opiniões para fazer, para não fazer, ou terão opiniões para se modular como fazer”, preveniu. André Longo pontuou que, no momento, não há como ter uma previsão sobre a confirmação ou não do Carnaval, tendo em vista o aumento do número de casos da Ômicron, nova variante da Covid-19. “Esse assunto é recorrente no Comitê de Enfrentamento da Covid-19, que se reuniu e acha que a melhor análise desse cenário não é nesse momento. O inverno europeu está chegando agora e não sabemos se essa variante é resistente às vacinas”, afirmou. O secretário salientou que é preciso tirar todas as dúvidas antes de tomar algum posicionamento, mas não hesitou em apontar que o cenário atual não permite quatro dias de folia com multidões nas ruas – e ladeiras do Sítio Histórico, no caso de Olinda. “São várias incertezas. Precisamos eximir essas dúvidas para falar com convicção e respeitando todos aqueles que fazem o Carnaval. Com o cenário e in- certeza, se fôssemos tomar uma decisão agora, seria negativa.

Longo voltou a dar um indicativo do que poderia ser a Festa de Momo no próximo ano. Ele lembrou da permissão para eventos privados com até 7 mil pessoas, sendo obrigatório o comprovante de vacinação. “Hoje, permitimos eventos privados com cinco, sete mil pessoas com controle vacinal. Será que o poder público vai poder fazer controle vacinal em fevereiro? É possível não fazer, é possível fazer, e é possível modular esse fazer”, concluiu.