Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Vacinação contra a gripe é intensificada no Recife a partir desta terça-feira (21)

Imunizantes contra a gripe estarão disponíveis para a população do Recife nos postos de vacinação dos shoppings Tacaruna, Recife e Riomar, além da vacinação itinerante, que percorrerá diversas comunidades da cidade a partir desta terça-feira (21). Somados às novas ações de combate à influenza, os 150 postos de vacinação do município também seguem com a aplicação das doses. 

A vacinação itinerante percorrerá alguns bairros da cidade, no horário de 8h às 12h, e à tarde, agentes comunitários de saúde (ACS) orientarão os moradores e indicarão o posto de vacinação mais próximo.

Nas salas de vacinação, o imunizante poderá ser aplicado sem agendamentos. Nos shoppings, a vacinação acontece de segunda a sábado, das 10h às 20h e nos domingos, de 12h às 20h. 

Para Diométrio Mathias, professor da rede pública de ensino que tomou a vacina contra a gripe nesta terça-feira, no posto do shopping Tacaruna, na região central do Recife, o imunizante é essencial. “Estou tomando a vacina da gripe por achar que é importante a vacinação de toda a população”, disse ele. 

“Eu vim tomar a vacina da gripe porque eu acho que a gente tem que se proteger. A ciência nos ajuda, e a gente tem que ajudar neste processo, então é fundamental que todo mundo se vacine”, comentou a bibliotecária Andreia Batista.

Enfrentamento à gripe
De acordo com a chefe da Divisão de Doenças Transmissíveis da Secretaria de Saúde (Sesau) do Recife, Adriana Luna, as novas ações de enfrentamento à gripe vêm para incentivar a população a se vacinar. “A Prefeitura do Recife busca a intensificação da vacina contra a gripe, chegando às comunidades e colocando também a vacina nos shoppings para reforçar a importância da vacinação, uma vez que na campanha deste ano não foi atingida a cobertura vacinal esperada.”, relatou.

A Campanha Nacional contra influenza realizada pelo Ministério da Saúde coloca como meta a vacinação de 90% dos grupos prioritários, mas, em 2021, o único grupo a chegar a esse percentual foi o de puérperas. A vacinação dos idosos ainda está em 65,8%, de trabalhadores da saúde, em 68%, gestantes com 86,7% e crianças, com 89,6%.

Nova cepa
O médico e chefe do setor de Doenças Infectocontagiosas do Hospital Universitário Oswaldo Cruz (HUOC), Demetrius Montenegro, explicou que a vacina gripal este ano não é efetiva para a influenza A H3N2.

“A H3N2 é uma variante nova que não estava na composição da vacina gripal deste ano” afirmou o infectologista.

Para a proteção, Demetrius indicou o isolamento do paciente por, em média, sete dias – sem o rigor do isolamento para a Covid – e o uso de máscaras, principalmente para os sintomáticos.