Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Mais profissionais para tratar gripe

Em meio ao aumento acelerado de pacientes que procuram pelas unidades de saúde da Região Metropolitana do Recife, inclusive na capital, em função da epidemia da gripe H3N2, o prefeito do Recife, João Campos, anunciou que irá contratar 126 trabalhadores de saúde para dar conta da demanda. Segundo a gestão, a contratação representa um investimento de mais de R$ 1 milhão por mês. O prefeito não deu prazo para a chegada desses profissionais à rede de saúde. Para atender na Atenção Básica do Recife serão contratados 12 médicos, 10 enfermeiros e 15 técnicos de enfermagem, todos plantonistas. Além disso, outras 13 pessoas serão convocadas para atuarem na área administrativa, totalizando 50 contratados. Já para a Média e Alta Complexidade, vão ser contratados oito vigilantes diurnos e um vigilante noturno, um total de nove plantonistas. Para os postos de testagem, a prefeitura vai contratar 12 enfermeiros, 36 de técnicos de enfermagem, todos plantonistas. Ademais, quatro pessoas, diaristas, serão chamadas para a área administrativa. O total é de 52 pessoas. Por fim, o Atende em Casa terá um reforço de 15 trabalhadores: 10 médicos plantonistas e 5 enfermeiros plantonistas. Na semana passada, o prefeito se reuniu com a equipe da Secretaria de Saúde do município e determinou a renovação por mais três meses do decreto de calamidade pública relacionado à pandemia. De acordo com Campos, embora os casos tenham crescido dos últimos dias para cá, não tem crescido o número de casos graves e de óbitos. “Toda a estrutura tem que estar pronta para fazer esse acolhimento”, explicou o prefeito. O município confirmou, até a última quarta-feira, 1.247 casos de influenza subtipo A (H3N2). Desse total, seis morreram em decorrência de complicações causadas pela gripe. Todas as mortes foram confirmadas por critério laboratorial. Os pacientes que foram a óbito tinham idades entre 46 e 69 anos. COVID-19 A vacinação contra a covid-19 será ampliada para mais 22 unidades de saúde. Os locais estarão aplicando tanto a primeira dose, como a segunda ou a dose de reforço, das 8h às 16h, sendo necessário fazer o agendamento pelo site (conectarecife.recife.pe.gov.br) ou aplicativo do Conecta Recife. Lá, é possível visualizar a lista completa. Em meio aos crescentes casos de influenza, a Prefeitura do Recife também lembra que todas essas unidades de saúde já aplicam a vacina contra gripe. Outro ponto importante, é que, a partir desta segunda-feira, será aberto o agendamento para a aplicação da vacina contra covid-19, para os seguintes pontos: Unicap (centro de vacinação e drive- -thru), Dnocs (centro e drive), Universidade Rural (centro e drive), Compaz Escritor Ariano Suassuna (centro), Justiça Federal (drive), Geraldão (centro e drive), Parque Urbano da Macaxeira (centro e drive), UPAe Ibura (centro de vacinação) e Universidade Federal de Pernambuco (drive). Para quem for tomar a dose de reforço, pode agilizar o atendimento levando um comprovante que já tomou as duas doses anteriores. Serão aceitos tanto o cartão de vacinação como o Certificado Digital de Vacinação, disponível no Conecta Recife.