FISCALIZAÇÃO | Fonte: Assessoria de Comunicação do Cremepe

Cremepe confirma déficit de profissionais na Arnaldo Marques

Fonte: Assessoria de Comunicação do Cremepe

Na última segunda-feira (23/09) o Cremepe esteve na Policlínica e Maternidade Professor Arnaldo Marques, no Ibura, para verificar a escala de profissionais médicos na maternidade. A unidade funciona como maternidade de baixo risco e a policlínica tem os atendimentos de clínica médica, pediatria e cirurgia, além do ambulatório de especialidades. A demanda foi a partir de uma denúncia do Sindicato dos Médicos de Pernambuco.

O serviço conta com 60 leitos, sendo 13 de observação. A escala é composta por 24 médicos, três profissionais por plantão, mas tem plantão com apenas dois. Há 12 anestesistas na escala, sem ‘ferista’, assim, na quarta noite e no domingo dia a unidade fica sem anestesiologista. Outro problema está na escala de cirurgiões, que são três no serviço. Ou seja, no dia que não tem cirurgião as cesarianas são transferidas.

MATERNIDADE – A maternidade realiza uma média de 300 partos por dia, 60% são normais e 40% cesarianas. São realizados em média 1974 procedimentos por mês no serviço entre partos normais, cesarianas, curetagem, onde por dia são 66 atendimentos. No momento da vistoria haviam macas no corredor do pré-parto em virtude da frequência de superlotação.

Posts Relacionados
Gostou ? Então deixe um comentário abaixo.

Clippings