Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

HGV realiza II Mutirão de Cirurgias Reconstrutoras Urológicas

HospitalGetlioVargas2-300x200Teve início quarta-feira (30.09) até este sábado, no Hospital Getúlio Vargas (HGV), o II Mutirão de Cirurgias Reconstrutoras Urológicas. De acordo com o urologista Gustavo Wanderley, coordenador do ambulatório de Urologia Reconstrutora do HGV e coordenador da residência médica de Urologia e integrante titular da GURS (Society of Genitourinary Reconstructive Surgeons), a expectativa é realizar aproximadamente 30 ou mais cirurgias no período do evento e desafogar a fila dos pacientes que estão em espera na unidade.

“Muitas vezes esses pacientes esperam meses ou anos por uma cirurgia. Na maioria dos casos, trata-se de patologias complexas que necessitam de equipe cirúrgica especializada e treinada neste tipo de abordagem. Ações como essas visam diminuir de forma significativa o numero de pacientes que estão na fila de espera da unidade bem como funcionam como importante ferramenta de aprendizado e treinamento de médicos residentes.” Explica o coordenador do ambulatório de Urologia Reconstrutora do HGV.

O mutirão beneficiará pacientes portadores das mais complexas patologias, incluindo incontinência urinaria grave (implante de esfíncter urinário artificial), obstruções urinárias severas secundário a estenose uretral e fístulas urinarias, além de tratamento dos grandes Prolapsos Pélvicos. Durante o mutirão serão realizadas cirurgias reconstrutoras, tendo como principal foco o tratamento das estenoses uretrais (estreitamento do canal uretral).

“Deve-se ressaltar o enorme benefício que uma ação deste porte tem no treinamento e aperfeiçoamento técnico dos staffs preceptores e médicos residentes, já que o Hospital Getúlio Vargas é um hospital-escola com uma das mais tradicionais residências médicas de Urologia no Brasil”, frisa o médico Gustavo Wanderley.

Foram convidados médicos de outros estados bem como médicos locais já com grande experiência neste área de atuação. Nomes como Dr. André Cavalcanti (Rio de Janeiro), Dr. Edson Jovino (Natal) e Dr. Rogério Araújo (Salvador), estarão colaborando com essa ação.

“A ideia é montar uma verdadeira forca tarefa para que as demandas cirúrgicas sejam atendidas dentro das expectativas, proporcionando mais qualidade de vida e bem-estar aos pacientes”, finaliza o Urologista Gustavo Wanderley.

Para participar do mutirão, os pacientes passaram por uma triagem, que levou em consideração a complexidade do caso e o tempo de espera pelo procedimento. Serão beneficiados também alguns pacientes provindos de outros hospitais do SUS de Pernambuco. O mutirão também fortalece o treinamento e a divulgação da Urologia Reconstrutora no Nordeste e no Brasil.