Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Entidades médicas interditam Samu de Olinda

samuDiante das denúncias de invasão da base, ameaças e intimidações aos médicos do Samu de Olinda, localizado no bairro do Varadouro, as entidades  médicas (Simepe e Cremepe)  realizaram fiscalização conjunta na tarde desta segunda-feira (10), e constataram uma série de irregularidades que comprometem o funcionamento do serviço. Após plenária, o Cremepe determinou a interdição imediata do SAMU Olinda.

Durante a fiscalização  foram verificados “in loco” problemas como a falta de portão na entrada da base e ausência de guarita que facilitam as invasões da unidade; depósito de carros velhos com água empoçada; falta de iluminação na área externa do local; estruturas físicas precárias; sucateamento das ambulâncias; grades enferrujadas, portas quebradas, lâmpadas queimadas, paredes com infiltrações e morfadas,  teto com buracos; banheiros insalubres, instalações elétricas recobertas com sacos plásticos. Um cenário de descaso por parte do poder público municipal.