Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Nova diretoria do Cremepe é empossada nesta quinta (1º de abril)

A plenária de transmissão de cargo do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe) aconteceu, através de transmissão on line, nesta quinta-feira, 1º de abril. Na oportunidade, Maurício Matos assume a presidência da autarquia pelos próximos 30 meses da gestão 2018 – 2023. A solenidade foi presidida pelo decano da medicina e conselheiro Antônio Lopes com a participação dos conselheiros da autarquia.

O novo presidente iniciou o discurso destacando a honra em assumir a presidência do Cremepe como algo “indescritível e incomensurável”. Ele ressaltou a confiança no grupo na defesa de uma assistência de qualidade à saúde para toda a população, bem como na “garantia aos médicos que possam desempenhar bem a medicina na atenção dessa mesma população em todas unidades de saúde do estado com qualidade, capacidade, ambientes dignos de se exercer a medicina, em respeito aos direitos e deveres do médico frente ao Código de Ética Médica, pois, defender e procurar propiciar o bom exercício da medicina aos médicos, é defender diretamente à sociedade” frisou.

O novo presidente também destacou o papel crescente, independente e representativo do Conselho de medicina. “O Cremepe tem uma história de independência, ousadia, dinamismo e de protagonismo perante toda a região e também para o país”, explicou. Para ele, uma trajetória de orgulho, marcada pela união das entidades médicas do Estado. “Esta união é nossa conquista e também nosso diferencial, razão de inúmeras vitórias no passado e garantia de mais avanços para o futuro”, disse.

Pandemia

“Esta nossa gestão, iniciada em 2018, e que a partir de agora damos continuidade, enfrentou com certeza o pior momento sanitário de nossa história. Desde fevereiro do ano passado que não passamos um dia sequer sem vislumbrar formas de combater à pandemia da COVID 19. E nós, combatemos essa pandemia com dupla atuação: como conselheiros e como médicos. Seja na elaboração de Resoluções e Recomendações, participação de incontáveis reuniões no âmbito dos governos municipais e estadual e suas respectivas secretarias de saúde, na promoção de lives e fiscalizações” ou na linha de frente, explicou Matos.

Entretanto, ressaltou a preocupação com os próximos dias no enfrentamento à COVID-19, com os recursos cada vez mais escassos, a demora de efetuação da única forma de combater o vírus, ou seja, a vacinação em massa da população, com a falta de ter uma liderança nacional capaz de nos guiar nesse momento com um único objetivo: de salvar vidas e vendo o número de mortes avançar de forma crescente.

Por fim, sinalizou que não faltarão empenho e dedicação dele e de toda a diretoria. “A porta da diretoria estará sempre escancarada, onde faremos uma gestão aberta à participação de todos, com propostas ou críticas. Nosso objetivo será sempre o de acertar. Mas, que tenhamos a sabedoria de reconhecer e corrigir nossos erros; Faremos valorização da qualidade de nossos funcionários e colaboradores, pois, sem eles nada poderemos fazer. Nossos valores serão sempre de transparência e responsabilidade com o bem público, autarquia federal que somos”, finalizou Matos.

O presidente da solenidade, Antônio Lopes, também proferiu seu discurso comparando a entidade a um grande navio. “O comandante Mario Lins, ontem, festejou sua viagem vitoriosa com preces de agradecimento por ter aportado com saúde, pelo motivo maior de haver cumprido todas as missões recebidas e porque 99% de sua tripulação que adoeceu se recuperou plenamente no decorrer dos 900 dias de viagem, foi uma longa viagem”, pontuou. Ele homenageou, emocionado, os colegas vítimas da COVID-19, em especial o conselheiro Assuero Gomes. Ao final, rogou aos céus que a pandemia arrefeça, que a vacinação aconteça para todos os brasileiros, que a economia do país se recupere, que haja emprego, saúde, educação, justiça, segurança e moradia para toda a população. 

Currículo

Graduado em Medicina pela Universidade de Pernambuco (UPE) em 1985, Maurício Matos é cirurgião geral e coloproctologista pela Sociedade Brasileira de Coloproctologia (1997) e pelo Colégio Brasileiro de Cirurgiões – CBC (2003), sendo mestre do capítulo de Pernambuco pelo CBC. Também foi presidente da Sociedade Pernambucana de Coloproctologia. Atualmente, exerce a medicina no Hospital Memorial São José e em seu consultório particular, além de chefiar o serviço de coloproctologia do Hospital Barão de Lucena (HBL). Neste último período ocupou o cargo de vice-presidente no Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe), sendo coordenador na elaboração de relevantes Recomendações relacionadas à pandemia.

Sucessão

Maurício Matos assume o cargo ocupado nos últimos dois anos e meio por Mario Fernando Lins, que continuará no Conselho como 2º secretário. Na oportunidade, Mario Lins fez um discurso de agradecimento, falou da importância da atuação “irmanada” junto às entidades médicas do Estado – Simepe, AMPE e Academia de Medicina, do relevante trabalho da educação médica continuada e homenageou as vítimas da COVID-19. “Nossa gratidão e respeito a todos os colegas que tombaram, e aos que permanecem nos seus postos, atuando diuturnamente nos estabelecimentos de saúde, muitas vezes arriscando a própria vida e a de seus familiares, na garantia da inestimável defesa do suporte à vida de todos os pacientes, durante a vigência da pandemia”, finalizou.

Compõem a nova diretoria: 

Maurício José de Matos e Silva – Presidente

Mário Jorge Lemos de Castro Lobo – Vice-Presidente

Pedro Geraldo De Sousa Passos – 2° Vice-Presidente

Silvio Sandro Alves Rodrigues – 3° Vice-Presidente

Zilda do Rego Cavalcanti – Secretária-Geral

André Soares Dubeux – 1º Secretário

Mario Fernando da Silva Lins – 2º Secretário

Waston Vieira Silva – 1º Tesoureiro

Helena Maria Carneiro Leão – 2ª Tesoureira

Silvia da Costa Carvalho Rodrigues – Corregedora

Fernando Antonio Andrade de Oliveira – Vice-Corregedor