Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Médicos apoiam e defendem as 10 Medidas Contra a Corrupção

10medO procurador Ministério Público Federal (MPF), Márcio Torres, realizou na noite desta segunda-feira (28/03), palestra sobre as 10 Medidas Contra a Corrupção, no auditório da Associação Médica de Pernambuco. O evento organizado pelas entidades médicas estaduais Simepe, AMPE e Cremepe teve por finalidade informar e esclarecer aos profissionais médicos a importância da mobilização e defesa das medidas.

Segundo o procurador Márcio Torres, mais de 2 milhões de assinaturas de apoio à campanha “10 medidas contra a corrupção” serão simbolicamente entregues nesta terça-feira (29/03) ao Congresso Nacional. No Brasil, anualmente, os números do desvio das verbas públicas chegam a casa dos R$ 200 bilhões, sobretudo, em anos eleitorais. “As medidas propostas pelo MPF incluem mudanças legislativas para tornar crime o enriquecimento ilícito, aumentar a punição para a corrupção de altos valores, reformar o sistema de prescrição penal, dar maior celeridade às ações de improbidade administrativa, responsabilizar partidos políticos e criminalizar o caixa dois”, enfatizou.

O vice-presidente do Simepe, Tadeu Calheiros, destacou o caráter apartidário do movimento, bem como o fato de as dez medidas terem se  tornado projeto de iniciativa popular pode aumentar a pressão sobre deputados e senadores. “Temos um papel relevante em apoiar e defender as medidas, conclamando ainda o Congresso para que promova as alterações estruturais e necessárias para prevenir e reprimir a corrupção de modo adequado no País” observou.

A presidente da AMPE, Helena Carneiro Leão, assinalou como positiva a união das entidades médicas nesse cenário politico conturbado, “Precisamos apoiar e reunir, e teremos forças para seguir em frente. Temos que fazer nossa parte no combate à corrupção e à impunidade”, pontuou.

Na opinião do presidente do Cremepe, Silvio Rodrigues, é a formalização do suporte da sociedade civil às propostas do MPF  para aprimorar a legislação brasileira no combate à corrupção.  “Queremos mudar o paradigma e solidificar a democracia brasileira. Lutaremos sempre para combater à corrupção que prejudica milhões de pessoas”. Representando a AMB e também Secretária Geral da AMPE, Jane Lemos, demonstrou o apoio das entidades nacionais às propostas discutidas e encaminhadas aos parlamentares “Estamos em um momento de dificuldades, porém, não podemos desistir agora”, concluiu.

Antes do final da palestra, houve intervenção do público presente que tiraram dúvidas sobre as medidas e contribuíram também com elogios e opiniões para o procurador.  Em seguida, a presidente da AMPE, Helena Carneiro Leão, apresentou a carta de apoio das entidades médicas de Pernambuco às Medidas Contra a Corrupção.

Acesse o site das dez medidas contra a corrupção.