Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Noronha reinicia aulas para crianças de 5 anos

As matérias veiculadas pelo jornal citado como “fonte” não representam a opinião do Conselho Regional de Medicina de Pernambuco (Cremepe). O clipping tem por objetivo atualizar os leitores das principais notícias referentes à saúde veiculadas no país e, principalmente, no estado de Pernambuco.

As turmas do infantil 5, para crianças de 5 anos, retomaram as atividades presenciais no Centro Integrado de Educação Infantil (CIEI) Bem-Me-Quer, de Fernando de Noronha. Na próxima semana se reinicia o infantil 4 e posteriormente o infantil 3. Nesse primeiro momento, os 32 alunos foram divididos em quatro turmas: duas no turno da manhã e duas à tarde. No CIEI são atendidas ao todo 217 crianças da educação infantil.              

Para receber os alunos, a estrutura do CIEI foi adaptada seguindo os protocolos sanitários. Além das mudanças estruturais, que incluem salas de aula com ventilação natural, tapete sanitizante, instalação de pias, totens de álcool em gel e distanciamento entre as cadeiras, a instituição treinou professores e funcionários para esse retorno. Para reforçar os cuidados, a escola encaminhou as devidas orientações do protocolo aos pais das crianças.

“Nesses 7 meses, nos esforçamos e nos preparamos com capacitações e informações de segurança para que pudéssemos atender a todos da melhor forma. Além disso, o apoio dos pais está sendo fundamental para a gente, pois estão confiantes em nosso trabalho”, afirma a gestora adjunta Taynee Santos.

Quando os alunos entraram na escola, todos tiveram a temperatura corporal aferida e foram direcionados aos totens de álcool em gel para a higienização das mãos com o auxílio de um profissional da instituição. Os totens estão localizados em pontos estratégicos, como nas entradas da creche e das salas de aula. O intervalo aconteceu em horários diferentes para cada turma. Primeiro território de Pernambuco a retomar as aulas, o arquipélago é o único a permitir crianças nas escolas até o momento. Fernando de Noronha não registra transmissão comunitária da Covid-19 desde abril.