Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Representantes do Cremepe e Simepe reúnem-se com secretário estadual de Saúde

Nesta quinta-feira (06/01), na primeira reunião do ano do Cremepe e Simepe com o secretário Estadual de Saúde, André Longo, as pautas estiveram voltas para o aumento exponencial de casos de influenza no Estado, superlotação das emergências e números da “epidemia dentro da pandemia” como definiu o gestor. O encontro ocorreu na sede da Secretaria no bairro do Bongi e contou com a presença do presidente e vice-presidente do Cremepe,. Maurício Matos e Mário Jorge Lobo, da presidente do Sindicato dos Médicos, Claudia Beatriz, do diretor do sindicato Rodrigo Rosas, além da equipe de gestão da secretaria formada por Cristina Mota, Ricarda Samara, Fernanda Tavares e Gabriela Linhares.

O secretário iniciou a reunião explicando o cenário que o Estado enfrenta. “Pernambuco tem hoje a maior rede dedicada a Síndrome Respiratória Grave (SRAG) do Nordeste. Agora chegamos a 860 leitos dedicados a SRAG, só nestes últimos 15 dias abrimos 379 leitos. Não era esperado esse quadro de influenza gerando tanto paciente grave, onde 80% do que está circulando hoje é influenza”, explicou. De acordo com ele, a maioria dos casos positivos para influenza é H3N2 e poucos foram positivos para influenza B. Já as testagens, o número de SRAG é 10 vezes mais que COVID-19, porém a mortalidade do COVID ainda é maior.

Diante desta nova onda de SRAG, as emergências e hospitais estão ficando superlotados e os profissionais sobrecarregados. Como é o caso do Hospital da Restauração, trazido pela diretoria do Simepe. De acordo com o sindicato, o plantão extra deve ser melhor remunerado para que os plantões estejam completos, já que há furos por conta de licença médica e maternidade. O secretário sinalizou que buscará regularizar a situação. Ao final, as entidades solicitaram uma nova reunião com sobre a rede materno infantil, o secretário informou que será realizada uma reunião juntamente com Ministério Público de Pernambuco.