Pesquisar
Agendar Atendimento

Serviços

ver todos

Entidades Médicas realizam a outorga da Medalha de São Lucas

Na noite desta segunda-feira (18/10), Dia do Médico, foi outorgada a Medalha de São Lucas. A solenidade, que é promovida anualmente pelas entidades médicas de Pernambuco (Cremepe, Simepe, AMPE e APM), foi realizada na sede da Associação Médica de Pernambuco (AMPE) e agraciou, este ano, os médicos Assuero Gomes (in memorian), Carlos Moraes, Luiz Barreto e Maria de Lourdes Correa.

O evento, que homenageou importantes personalidades da medicina do estado, contou com a presença dos presidentes das entidades: Maurício Matos (Cremepe); Claudia Beatriz (Simepe); Bento Bezerra (AMPE) e Hildo Rocha (APM). Estiveram presentes, ainda, o Secretário de Saúde do Estado de Pernambuco, André Longo, o vereador da cidade do Recife, Tadeu Calheiros e o governador do Rotary, Gilson Edmar.

“Esta é uma noite bastante significativa para todos nós. Desde os tempos de estudante até hoje, com certeza vocês passaram por muitos desafios”, afirmou o presidente do Cremepe durante seu discurso de abertura da solenidade.

O primeiro homenageado da noite foi o cirurgião cardiovascular, Carlos Moraes. Hoje com 80 anos, o médico foi o primeiro a conduzir uma cirurgia de transplante de coração em Pernambuco, em 1991. “É uma enorme honra fazer parte de um grupo tão seleto de médicos que recebe esta Medalha. Esta é a noite mais importante da minha vida em termos de homenagens. Muito obrigado a todos”, declarou o cirurgião em seu discurso de agradecimento.

Em seguida, foi iniciado o momento de homenagem ao médico Luiz Barreto. Mestre em Saúde Pública e Administração Hospitalar, o segundo agraciado da noite exerceu a função de diretor administrativo do Programa de Saúde Comunitária, que fazia parte do Projeto Vitória, da Universidade Federal de Pernambuco. Luiz Barreto foi, também, diretor do Hospital das Clínicas entre os anos de 1984 a 1987. Hoje, o médico é coordenador do Memorial da Medicina de Pernambuco e vice-presidente da Sociedade de Médicos Escritores – Regional Pernambuco (Sobrames).

Em seguida, a gastroenterologista e presidente da UNIMED Recife, Maria de Lourdes Correa, foi condecorada. Com forte atuação junto à saúde suplementar no estado, Dra. Lurdinha, como é carinhosamente chamada, destacou a emoção com a qual recebeu a outorga da Medalha. “Recebi ao longo da minha vida diversas homenagens, mas esta que me é outorgada pelas quatro entidades de classe, simbolizada pela Medalha de São Lucas ultrapassa os limites da gratidão”, afirmou a médica.

Por fim, como última homenagem da noite, o ex-conselheiro do Cremepe, Assuero Gomes, que faleceu no dia 25 de dezembro de 2020, recebeu a outorga da honraria em sua memória, representado por sua esposa, Mircia Solha Gomes. “A comenda ao Dr. Assuero Gomes é uma das maiores homenagens que já foi feita com a oferenda da Medalha de São Lucas. Ele que nos deixou um vazio muito grande, mas está, sem dúvida nenhuma, sempre presente no coração de todos nós”, afirmou Maurício Matos.